Crônicas de bike – O bicicleteiro roots (parte 2)

Clique aqui para ler a primeira parte deste post.

Quando você vê um bicicleteiro roots pela primeira vez pode até achar que ele não é de nada. Quer dizer, um cara sem comer e desidratado, numa bike lascada não pode ter muita técnica. Mas aí você conversa com ele e descobre que foi o próprio quem montou a bicicleta peça por peça. Que aquele quadro feio na verdade é muito bom, apenas está sem tinta e sem marca porque foi comprado de segunda mão. Ele sabe o nome e as vantagens de cada um dos itens da bicicleta, e consegue avaliar a sua e dizer se o selim está baixo, se pneu está calibrado, etc. 

E quase sempre a bicicleta que você achou que era fudida e que ninguém nunca vai querer, na verdade é muito melhor que a sua, que foi comprada zerada numa loja. Ah, e o detalhe: sua bike custou o triplo do preço.

Doçura

A gentileza e simplicidade do bicicleteiro roots são outra característica forte. Isso e seu alto conhecimento em mecânica fazem dele um ótimo companheiro de pedalada. Se tiver algum imprevisto no caminho, ele provavelmente vai saber consertar e vai ter as ferramentas consigo. E o melhor: vai fazer os reparos necessários na sua bicicleta com toda atenção e cuidado do mundo. Esse tipo de ciclista também conhece oficinas e borracharias em toda a cidade e não se importa em acompanhar uma mulher que esteja pedalando sozinha até um local que ele considere seguro. E ainda diz “Não tem problema não, é sério! E eu estou no verme pra pedalar mesmo” sobre o desvio de 6 km que terá que fazer para lhe acompanhar. Um verdadeiro bike anjo!

Ah, a resistência e velocidade do bicicleteiro roots é outro forte detalhe. Esse cara geralmente pedala 60 km numa madrugada de domingo, assim, na maior e em pouco tempo. É você estar comprando o pão com uma cara amassada e ele chega falando que está chegando de uma cidade vizinha. Aí ele começa a falar sobre quando foi de bicicleta para Pentecoste, Canindé… E sem essa de marcar o percurso em aplicativos como o Strava. Geralmente o bicicleteiro roots não usa (nem quer usar) nem mesmo o Google Maps. “Meu celular é só mesmo pra ligar e receber ligação”, ele diz. “Vai que alguém me rouba”…

Será que você conhece algum bicicleteiro roots? Diga aí nos comentários e compartilhe este post com ele 🙂

Um abraço e vamos pedalar!

Anúncios

2 comentários sobre “Crônicas de bike – O bicicleteiro roots (parte 2)

  1. “Bicicleteiro Roots” Legal sua crônica amiga Sheryda Lopes! Como todos os dias me desloco para qualquer outro lugar, de minha residência, obviamente que cruzo com eles diariamente. E também sempre presto atenção nos mesmo detalhes que vc falou. É incrível como a necessidade faz eles ficarem tão fortes, não é mesmo? E como eles enfrentam, com muita força de vontade, todos os dias, os longos percursos de suas residências aos seus trampos. E é justamente como vc falou. Ontem mesmo, saindo aqui do centro, depois de me desvincilhar do trânsito e chegar á Bezerra de Menezes, emparelhei com um destes. O cara estava de calça comprida jeans, surrada, camisa mangas compridas e chinelo, em uma bike que parecia ser uma Monark antiga, barra circular(bicicleta bem resistente e fixa). Vc precisava ver a disposição e coragem dele. Eu estava na minha Motain Bike; portanto com uma bike resistente e tb veloz. Mas ele, com sua prática e coragem, disparou na frente. Logo vi ele sumir na minha frente e me restou apenas ver sua camisa bastante suada… Como eu não ando correndo assim, permaneci em meu ritmo e fiquei a refletir e agradecer a Deus por não precisar, tanto assim, de toda aquela disposição e necessidade, para percorrer tão longo percurso em condições não tão ideais! Abraço amiga! Josadac Santos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s