Look de Bike – Calça jeans e bolero preto

Na primeira vez em que resolvi pedalar para passear, resolvi ir ao cinema com o marido e usei a calça jeans da foto. Ela tem um modelo reto, frouxinho e super confortável, é apenas um pouco justa nas coxas. Achei que era uma boa escolha, mas senti que a calça limitava demais os meus movimentos. Acabei suando muito, fiquei com a roupa molhada de suor e tremi de frio durante o filme inteiro. Desde então meti na cabeça que não rola pedalar de calça e comecei a dar maior preferência a saias e vestidos.

Até que muitos quilômetros e looks depois, resolvi tentar de novo. E foi ótimo. Com mais resistência, percebi que conseguia vencer a limitação que a calça ocasionasse. Já com o truque de levar roupa íntima extra na bolsa, nada de roupa úmida o dia inteiro. Ainda prefiro saias, porque é mais o meu estilo, mas curto sair de calça de vez em quando. E sempre que faço isso sinto que superei mais um obstáculo do mundo dos pedais.

Para fechar um look confortável e bem despojado, camiseta baby look listrada de preto e cinza e tênis. Por cima, bolerinho preto. A propósito, pedalar com roupas claras nos deixa mais visíveis no trânsito, por isso quase nunca uso peças escuras. Este visual foi exceção, porque às vezes dá vontade de variar.

Os sacos no cestinho estão com minhas coisas dentro. Acontece que o tempo está chuvoso em Fortaleza, por isso já saio com tudo embalado.

Um abraço e vamos pedalar!

Ah, um abraço para a minha querida amiga Lidi, que tirou essas fotos pra mim. O cenário é a ciclovia da avenida Bezerra de Menezes. E quero aproveitar e agradecer também o meu marido, que é o responsável pelas demais fotos de looks do dia deste blog 🙂

Anúncios

6 comentários sobre “Look de Bike – Calça jeans e bolero preto

    • Mulher, até tenho, sabe? Aí tomo muito cuidado olhando beeem adiante, evito ficar parada em locais mais desertos e mudo meu caminho sempre que acho que tem alguma movimentação suspeita. Se o ladrão aparecer, eu entrego, faço, B.O. … da mesma forma como se fosse assaltada a pé, como fui há alguns anos. A Shamira tem a vantagem de ser chamativa, então se alguem levar e eu encontrar um policial logo, ela é mais fácil de ser reconhecida.

      Bjão, e não deixe de fazer as coisas que você quer por causa do medo. Quanto mais desertas as ruas, mais perigosas. 😉

      Curtir

    • No começo eu só ia pelas avenidas principais por dois motivos: muito medo de assalto ao pegar ruas desertas e por conhecer só os percursos que os ônibus faziam. Mas depois de trocar ideia com o pessoal do Massa Crítica e pedalar com alguns deles, percebi que pegar ruas secundárias é melhor. Mesmo que elas sejam mais desertas até de pedestres, por passar depressa pelos locais a gente acaba não sendo muito visada pelos ladrões. Uma coisa que é bacana é variar o percurso e os horários também, assim ninguém te marca.

      Quando pedalamos podemos olhar adiante, entao qualquer movimento suspeito e a gente pode voltar ou acelerar, aumentando as chances de escapar do perigo. Hoje eu me sinto mais vulnerável esperando 40 min numa parada de ônibus.

      Curtir

  1. Boa tarde Sheryda. Sou de Fortaleza e venho há algum tempo procurando uma bike para voltar às pedaladas. Ocorre que até agora nada de encontrar, então venho aqui te perguntar se você sabe de alguém que venda a chamada Caloi 10 (só que a antigona, a “magrela”). Também pode ser a concorrente (a Monark 10). Adoro essa bike, porém, poxa, como é difícil de encontrar uma em bom estado e que não seja um absurdo o valor (na VELO da Washington Soares tem uma que é um espetáculo – porém… R$2.000.00 é brincadeira heim…). Enfim, tô na luta… Te cuida e tudo de bom.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s