Bicicletários – Shopping Del Paseo

 Há algum tempo eu tinha algumas coisas para resolver nas proximidades do Shopping Del Paseo, que fica aqui em Fortaleza, na avenida Santos Dumont.  Depois dos compromissos, resolvi almoçar no Shopping e fui em busca do bicicletário, que ainda não conhecia. Confesso que o que encontrei não me agradou.

A estrutura disponibilizada gratuitamente pelo Shopping fica do lado de fora, um pouco recuada, sem ocupar o espaço da calçada, e é do tipo ‘açougue’, que é quando pendura-se uma das rodas num gancho, deixando a bike na vertical. É uma maneira pouco acessível para pessoas mais fracas (como eu), pois é necessário levantar a bicicleta, e eu nunca consegui fazer isso sozinha. Outra desvantagem é que, se não tiver altura suficiente, rodas maiores podem encostar no chão, danificando o paralamas ou outras peças. Por sorte, não é o caso deste.

Então temos um bicicletário com estrutura pouco acessível, e sem nenhum funcionário por perto para fazer a segurança ou ajudar quem tivesse dificuldades. Sorte a minha que sempre encontro bons personagens na amada capital cearense. Passando por perto, o Marcilio Tavares viu minha angústia e ofereceu ajuda. Nessas horas vem aqueles pensamentos de não fale com estranhos e tal, mas eu não tinha alternativa e aceitei a gentileza. E olha só: depois de pendurar a bike, ele contou que ama andar de bicicleta e que já foi batedor de diversos grupos de passeio, mas atualmente só dá aulas de muay thai. O amor pelo pedal é representado com orgulho por meio de um pingente dourado que ele usa, em formato de bicicleta (também quero um).  Gentileza, fofura e estilo, tudo numa pessoa só.  A gente curte!

20140507_125356

Shamira pendurada

BicicletárioDelPaseo_Blogdebikenacidade_SherydaLopes

Não é fácil pendurar a bike desse jeito não

20140507_124902

Sorte a minha que encontrei quem me ajudasse 🙂

P.S.: Entrei em contato com a assessoria de comunicação do Shopping falando a respeito da estrutura do bicicletário, mas não obtive retorno.

P.S2.: Quero saber a opinião de vocês sobre bicicletários: ser gratuito é suficiente?

Um abraço e vamos pedalar!

Anúncios

5 comentários sobre “Bicicletários – Shopping Del Paseo

  1. Não, não é suficiente!

    O que o Shopping Del Paseo transmite a quem usa bicicleta é que são clientes indesejados. O bicicletário está ali pura e simplesmente para atender um quesito legal disposto na Lei 9.701/10, que obriga shoppings, prédios públicos e locais de grande movimentação de pessoas a ter estrutura de estacionamento para bicicletas.

    O bicicletário do referido shopping só foi instalado depois de uma manifestação popular através do facebook e algumas reclamações à administração do lugar. Provavelmente foi instalado para isentar a culpa por furto do shopping, e tal atitude pode enganar muitos consumidores por desconhecer seus direitos.

    O que quero dizer é que qualquer estacionamento, seja pago ou gratuito, que tenha uma placa dizendo “Não nos responsabilizamos por seu veículo ou por objetos deixados em seu interior” comete uma prática abusiva e ele é sim responsável pelos bens do cliente!

    Esclareço que art. 14, caput e § 1º, do CDC prevê expressamente a responsabilidade objetiva do fornecedor de serviços. Isso quer dizer que não importa o que aconteça no estacionamento, seja pago ou gratuito, o fornecedor de serviços é obrigado a indenizar o consumidor.

    Digo isso, pois já vi diversas pessoas que tiveram carros ou motos danificados ou mesmo furtados em estacionamentos de supermercados ou shoppings e algumas, mesmo as mais esclarecidas, ficam em dúvida se podem ou não reclamar o ressarcimento do proprietário do estacionamento em razão da “plaquinha” de exclusão de responsabilidade. Imaginem o que se passa na cabeça de uma pessoa mais simples, sem estudo, quando tem sua moto ou bicicleta furtada ou danificada. Certamente a maioria simplesmente vai embora para casa com seu prejuízo, pois quando reclamam com o gerente da loja, supermercado ou shopping, a primeira coisa que lhes é dita é que “ele não têm responsabilidade pelo ocorrido”.

    O Código de Defesa do Consumidor e nossa jurisprudência assim determinam. OS SUPERMERCADOS, SHOPPINGS E DEMAIS EMPRESAS QUE TENHAM ESTACIONAMENTO SÃO RESPONSÁVEIS PELOS BENS DOS CLIENTES.

    E não pensem que somente os estacionamentos pagos têm esse dever, pois essa obrigação de indenizar se estende até mesmo aos gratuitos, pois nosso judiciário entende, e com razão, que a empresa com estacionamento indiretamente tem mais lucros que a empresa que não o tem, e isso todos nós sabemos ser verdade. Vamos imaginar que você decida fazer compras em um supermercado, e lado a lado você vê dois concorrentes, mas um deles possui estacionamento. Em qual você vai? É claro que você preferirá comprar no supermercado com estacionamento, por isso nosso judiciário não se importa se o estacionamento é cobrado ou não, o PROPRIETÁRIO DO MESMO DEVERÁ INDENIZAR O CONSUMIDOR SEMPRE QUE ESSE SOFRER ALGUM PREJUÍZO NO ESTACIONAMENTO, esse prejuízo pode ser um simples arranhão, podendo até mesmo ser um furto ou assalto. O consumidor não poderá ficar no prejuízo.

    Corroborando os argumentos acima expostos, transcrevo a opinião do IDEC sobre o assunto: “De acordo com orientação da coordenadora do serviço de orientação do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), Maíra Feltrin, a existência de uma placa com o referido aviso caracteriza uma cláusula abusiva e, portanto, nula, de acordo com o artigo 51 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) Batidas, roubos de carro e furtos de objetos estão entre as principais reclamações, e a ocorrência de qualquer um destes eventos garante ao consumidor o direito à reparação dos danos causados, já que o fornecedor do serviço, de acordo com o CDC, é o responsável pelo reparo.

    ASSIM, ATÉ PLACA DE EXCLUSÃO DE RESPONSABILIDADE POR IMPOSSIBILITAR, EXONERAR OU ATENUAR A RESPONSABILIDADE DO FORNECEDOR DOS PRODUTOS E SERVIÇOS É CONSIDERADA NULA DE PLENO DIREITO DE ACORDO COM O ART. 51 DO CDC.

    Curtir

  2. Lucas disse, muito bem dito, tudo.

    O que vejo aí é um tapa na cara da sociedade ciclista e em geral.

    Na minha opinião um bicicletário desse padrão, feito só para tirar o seu da reta, é comparável a uma pornografia explícita a luz do dia e de alto nível de ridículo.

    Chato até pra quem tem força e altura, pouca ou zero segurança, não notei nenhuma coberta para abrigar das intempéries e você fica exposto na rua de maneira muito aberta e desnecessária… e se alguém aproveitar mau intencionada e lhe assalta no no momento que está tirando ou colocando a bicicleta… resumindo total absurdo e incoerência

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s