Leitores que pedalam – Carlinha Fernandes

Carlinha com look de trabalho. Legging e camiseta são as peças preferidas

Carlinha com look de trabalho. Legging e camiseta são as peças preferidas

Olá! O papo de hoje é com a Carlinha Fernandes, 33, que é administradora, empresária, mãe, esposa e mantém o blog Equilíbrio Sempre, com muitas dicas de beleza, moda, maquiagem e otras cositas más. Ela é uma mulher multitarefa, cheia de energia e saúde, sempre preocupada com a alimentação. Pelo Instagram, sempre acompanho suas dicas e as fotos das pedaladas, que não acontecem só em Fortaleza para deslocamento: ela também compete e adora uma trilha! Confira abaixo a entrevista com a moça e vamos nos inspirar nela para alcançar nossas metas para 2015. Afinal, o que não lhe falta é disciplina!

 

Além das dicas de moda, beleza e saúde que você dá no Equilíbrio Sempre, ainda tem uma loja de bicicletas, a RPM Bike Shop e o filho, né? Deve ser uma carga horária guerreira! Tem mais alguma atividade que estou esquecendo? 

Na verdade trabalho numa construtora como administradora de segunda à sexta de 8h às 18h, depois das 18h cuido do administrativo da RPM Bike Shop. Tiro meus finais de semana e madrugadas para as coisas do blog e faço meus treinos de ciclismo durante a semana às 5h da manhã, além de cuidar da casa, filho e marido 🙂

De onde surgiu esse interesse pela bicicleta? 

Sou apaixonada por bike desde meus cinco anos de idade, minha mãe me presenteava com Barbies e coisas do tipo, mas só o que me deixava feliz eram coisas relacionadas à bicicleta, depois de adulta só aperfeiçoei minha paixão e além de usar a bike como meu principal meio de transporte, participo de competições sempre que posso (nas duas modalidades, speed e mountain bike).

Você é bem preocupada com a saúde e em se manter em forma. Você usa bicicleta só para exercícios físicos ou também para deslocamento no dia a dia? 

 Só pego carro pra sair de casa quando tenho que levar meu filho para algum lugar, fora isso, vou de bike pra todo canto (trabalho, academia, salão de beleza).

Que cuidados você toma com a saúde para ter um bom desempenho com a bike? 

Sou acompanhada por uma nutricionista esportiva, que me passa os suplementos necessários para minha jornada diária, além disso, faço um treino de musculação específico para melhorar meu rendimento no pedal.

Que tipo de roupa você mais gosta de usar para pedalar? 

 Legging e camiseta.

Você acha que a bicicleta pode ser um item de moda, que também pode ser integrado ao look e refletir a personalidade d@ ciclist@?

Com certeza, inclusive tenho visto mais e mais no instagram fotos de editoriais de moda, usando a bike como acessório e super aprovo.

Sempre vejo suas fotos dos passeios e trilhas de bike no Instagram. Porque esse tipo de experiência te atrai tanto? 

Me leva pra perto da natureza e me tira um pouco dessa vida caótica que é viver numa cidade grande, sair de casa às 5h da manhã de domingo e retornar somente após meio dia, toda suja de lama é minha terapia preferida.

No ano passado vi que você treinou para participar de uma competição de bicicleta mas acabou sofrendo um acidente. Conta um pouco do que aconteceu e de como você se sentiu naquele dia. 

O percurso desta competição, totalizava uns 50km, levei uma queda feia nos primeiros 5km, a roda dianteira travou numa descida muito íngreme e eu caí de cara no chão, dei uma leve trincada no osso do queixo, mas no calor da competição não consegui parar e finalizei todo percurso, mesmo com fortes dores, ainda conseguindo ficar em quarto lugar. Tenho um problema sério de não conseguir deixar nada pela metade, tudo que começo tenho que finalizar, algumas pessoas chamam isso de perseverança, me conhecendo como conheço, sei que é só um de meus “TOC’S” (Transtorno Obsessivo Compulsivo).

 Está se preparando para participar de mais provas? 

Se tudo correr como esperado e eu conseguir pelo menos metade dos patrocínios que busquei, 2015 será meu ano das competições. Oremos!

Que dicas você daria para as meninas que estão começando a pedalar? 

Busque um equipamento no tamanho adequado. Um bikefit também é essencial para evitar problemas futuros. Mulheres gastam mais de R$1.000,00 em sapatos e roupas, mas quando querem começar a pedalar, acham caro uma bicicleta neste valor (coisas que nunca conseguirei compreender), não adianta nada você comprar um equipamento que em menos de dois meses, já necessite de upgrades, a bike será sua companheira por muito tempo, então acho ideal investir (que será somente uma vez) num equipamento de boa qualidade.

Gostaria de fazer mais algum comentário? 

Bora pedalar meu povo!

 

 

Vocês ouviram, né?

Um abraço e vamos pedalar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s