Tomem água

 

Não gosto de ficar me desculpando quando não consigo postar com certa frequência aqui no blog (se for pra se desculpar, melhor produzir, né?), mas acho que preciso compartilhar isso com vocês. Já tem um tempo que perdi minha garrafinha de água que costumava levar comigo na Shamira, e ela era super importante não só para me hidratar durante o pedal, mas também durante todo o dia, porque mantendo ela cheinha e por perto, eu estava sempre tomando água.

Ocorre que, de uns tempos para cá, retomei o péssimo hábito de tomar pouca água, apesar de viver levando carão por isso do marido. O resultado? Esta vossa blogueira querida do coração ciclístico fortalezense adquiriu uma bela de uma infecção urinária, e está com o rim direito doendo pacas. Isso prejudicou um pouco minhas atividades, inclusive a produção aqui no blog, mas logo, logo voltarei à ativa.

Então, do alto da minha dor renal #drama peço: ciclista ou não, tome bastante água. Além de ser bom de vários jeitos, a situação da saúde pública não tá fácil. Fui numa UPA e no posto de saúde do meu bairro duas vezes antes de ser atendida, além de as farmácias dos postos de saúde estarem sem vários medicamentos. Então, cuidem-se, que o babado tá ruim até pra ficar doente!

E enquanto não chegam posts novos, que tal navegar pelos mais antigos? Tenho certeza de que você vai se divertir bastante. Só chegar aí na coluna lateral, clicar em “Categorias dos posts” e escolher um tema.

Um abraço e vamos pedalar!  

Anúncios

2 comentários sobre “Tomem água

  1. Sheryda, você conseguiu ir à UPA e posto de saúde de bicicleta ou estava muito debilitada para isso? Pergunto pois conheço um senhor que ele não aceita outro meio de transporte nem nessas horas e achei inusitado tal fato, ele pedala em qualquer lugar, a qualquer hora do dia ou da noite e já tem algumas décadas que ele deu a entender não pegar um ônibus sequer rsrsrs

    Curtir

    • David, na verdade eu cheguei a ir. À UPA fui de táxi e ao Posto de Saúde fui a pé mesmo. O negócio é que estava lotado e não consegui atendimento nas duas primeiras tentativas. Quando finalmente consegui e a médica deu o diagnóstico, obviamente perguntei se poderia pedalar, mas ela disse que não 😦 Eu vou respeitar a recomendação, porque a minha dor mal me deixa ficar sentada muito tempo, quanto mais pedalar. Além disso, se eu não ficar boa logo, é mais tempo parada e mais idas ao Posto, né? Ninguém merece. rsrsrs

      O senhor que você conhece pedala até doente? Caramba! Dependendo do que seja, até pode ser, mas, no geral, é bom se poupar de vez em quando, né?

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s