Além de Bike – Desabafo e Vitrola de novembro

Geeente… eu tô tão sumida. Com tanto conteúdo bacana para fazer de Recife, com tanta coisa para produzir para este blog. Mas simplesmente não estou conseguindo. Eu tô super triste com várias áreas da minha vida e com coisas que estão acontecendo no mundo, e isso está afetando o blog. Geralmente eu teria vergonha de admitir isso, sabe? Que o emocional está prejudicando minha produtividade. Afinal, a gente não pode sentir, né? Quem sente, quem precisa parar é fraco. Pelo menos é assim que interpreto. Só que aqui, neste blog, eu admito, porque sinto que aqui eu posso. E acho que vocês vão me entender e não vão me julgar. Quem sabe até não vão dizer alguma coisa maravilhosa nos comentários que vão me deixar feliz e me estimular? Na verdade, tenho recebido emails e mensagens que sempre me alegram muito e que me mostram que este projeto não deve parar. Estou tentando me estimular com elas e sacudir a poeira, mandar o desânimo para longe. Quando eu conseguir e voltar a produzir aqui no blog, espero sinceramente ainda contar com a atenção de vocês. 🙂

Algo que está me deixando muito feliz e tem sido minha válvula de escape é a minha participação no Vitrola Nova. Finalmente estreei num palco com o grupo, num espetáculo só da gente. E foi so-men-te no Teatro José de Alencar! O lindo e importante TJA, um dos locais mais bonitos de Fortaleza!  #beijonoombro O Vitrola representa uma grande superação para mim, pois eu morria de medo de cantar em público e sempre achei que não tinha talento para a música. No Vitrola, além de aprender muito estou exercendo minha capacidade criativa e conhecendo artistas super inspiradores. Além disso, a rotina de ensaios e estudos dá aquela movimentada no sangue, aquela alegria. Sério, tá sendo bom demais.

No TJA, apresentamos o Vitrola de Novembro, um recital com músicas natalinas bem clássicas, além de outras canções que  fazem parte do repertório do grupo. Abaixo, a minha canção preferida do Recital e que, vejam só, é a mais triste. rsrsrsrsr #cancerianamodeon Mas eu acho que é a que tem o arranjo mais bonito e que me emocionou em todos os ensaios.

Ah, e eu usei as luzinhas da bicicleta nas chuquinhas do cabelo, mas não dá para ver muito bem no vídeo por causa da luz. ^^

Vamos nos apresentar de novo em dezembro, embora com um repertório um pouco diferente. Fiquem atentos e apareçam! 🙂

Um abraço e vamos pedalar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s