Confira a programação do Mês da Mobilidade 2015 aqui em Fortaleza

Mês da Mobilidade 2015 Fortaleza De Bike na Cidade

Como dito antes, a campanha do Catarse deu certo e a Ciclovida conseguiu arrecadar a grana para o Mês da Mobilidade. E a coisa já tá rolando, viu? Ontem, abrindo a programação, teve o Desafio Intermodal e sexta tem o quê? Quem disse Pedal Ciclochique, ACERTOOOOOU!!!! Então, pensa no look de sexta e confere tudo que vai rolar nesse setembro bapho!

Ah, e no dia 11 vou moderar uma roda de conversa que vai ter a participação da diva girl power Aline Cavalcante, além de outras mulheres muito baphônicas! O papo com certeza vai ser incrível, então, save the date!! Ainda não fechamos a relação de convidadas, mas quando tudo estiver direitinho conto pra vocês.  E tem também oficina de mecânica com a Aline! Essas duas atividades são organizadas pelas Ciclanas, o coletivo de mulheres ciclistas urbanas que está deixando Fortaleza de cabelo em pé com tantos feitos incríveis.

E sobre o evento de ontem, infelizmente meu celular descarregou 😦 e eu acabei não tirando fotos. Sorry! Mas adivinha quem ganhou o desafio? Bike, claro. Mas a Ciclovida (Associação de Ciclistas Urbanos de Fortaleza) ainda vai organizar os dados direitinhos e divulgar o resultado depois, pois o Desafio Intermodal não leva em conta só o tempo, mas também a relação custo benefício de cada meio de transporte, além dos benefícios (ou malefícios) ao meio ambiente. #pqligeirezanãoétudo

Programação Mês da Mobilidade 2015

Dia 4
Ciclochique, com ‪#‎Bonde‬ Bike Anjo
Concentração: 18h30min, na Praça da Gentilândia
Partida: 19h30min
Destino: Bares da Varjota

Dia 5
Roda de Conversa com o Poder Público (Detran/CE, Paitt, AMC, Etufor, Ciclovida e Direitos Urbanos)
Horário: 17h às 20h
Local: Auditório da Livraria Cultura

Dia 6
Rota Turística com Paulo Probo
Horário: 15h
Concentração: Teatro José de Alencar
Trajeto: Centro de Fortaleza

Dia 10
Exibição de Bike vs Cars com Aline Cavalcante
Horário: 19h
Local: Ciclocine Dragão do Mar

Dia 11
“Sobre duas rodas: caminhos pra emancipação feminina”, com Aline Cavalcante e moderação de Sheryda Lopes do blog de bike na cidade
Horário: 19h
Local: Auditório do Dragão do Mar

Dia 12
Ação Educativa
Horário:8h às 9h30min
Local: cruzamento da Av. Antônio Sales com Av. Rui Barbosa

Palestra dos Convidados Nacionais. Com Paulo Aguiar (Pedala Manaus), Ênio Paipa (Bike Anjo Recife) e Aline Cavalcante (oGangorra/SP)
Horário: 17h às 20h
Local: Auditório Dragão do Mar

Dia 13
Escola Bike Anjo
Horário: 8h30min às 11h
Local: Praça Luiza Távora

Oficina mecânica com as Ciclanas e Aline Cavalcante
Horário: 15h
Local: Praça da Gentilândia

Dia 19
Multa Moral
Organizador: Direitos Urbanos
Hora: 10h
Ponto de encontro: Igreja Nossa Senhora de Nazaré – Montese

Dia 20
Projeto Walk Fortaleza – organizador Direitos Urbanos
Horário: 9h30min
Local: Rua Otoni Façanha (rua compartilhada atrás do hospital São Carlos)

Dia 22
Dia Fortaleza Sem Carro

Dia 26
Ação Educativa
Horário: das 8h às 9h30min
Local: cruzamentos da Av. Washington Soares com Av. Professor Miguel Dias

Seminário Direitos Urbanos
Realizador: Direitos Urbanos
Tema: Calçadas e acessibilidade
Hora: 15h
Local: Parque Rio Branco

 

A programação foi divulgada na fanpage da Ciclovida. É legal dar uma olhadinha por lá de vez em quando, para o caso de alguma alteração 😉

Um abraço, anotem tudo na agendinha e vamos pedalar!

Anúncios

Eventos de julho – Roda de Conversa sobre direitos e deveres no trânsito e Bate Papo Ciclovida

Imagem destacada Eventos de julho roda de conversa sobre direitos e deveres e bate papo ciclovida

Julho foi um mês bastante movimentado pra mim e, principalmente para as Ciclanas, grupo de mulheres do qual participo (e que vi nascer) que se interessa pelo uso da bicicleta como meio transporte aqui em Fortaleza. Algumas são ciclistas  efetivamente, outras ainda estão se informando sobre o assunto para se tornarem tais, e com os relatos compartilhados, acabam se fortalecendo. Algo enorme para quem, como eu, há alguns anos me sentia tão sozinha quando pensava em pedalar.

Para além do meio digital, as Ciclanas têm ocupado as ruas da capital cearense no cotidiano com suas bicis, além de realizar várias atividades que nos ajudam a ter acesso à nossa cidade e fortalecer nossas identidades enquanto mulheres ciclistas. Entre os eventos que já foram realizados pelas guerreiras estão oficinas de manutenção de bicicletas e oficinas de alongamento. Todas compartilhando seus saberes. ^^

No mês passado tive a oportunidade de participar de dois desses eventos com as Ciclanas. O primeiro foi uma roda de conversa no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura a respeito dos direitos e deveres no trânsito. Totalmente organizado pelas mulheres, teve a presença de representantes de movimentos ligados à mobilidade, além de representantes de orgãos municipais e sindicatos ligados ao transporte público.

Participei do evento como moderadora, mas o maior crédito do debate vai para as meninas que se envolveram efetivamente na organização, entrando em contato com os participantes, além de garantir o local, entre outros. Não vou citar nomes por medo de esquecer alguém, mas pensem numas beeshas garantidas! Eu adorava quando alguém parabenizava “os organizadores” pelo evento e a gente corrigia: As organizadoras! ^^ o/

Abaixo, um pouquinho da cobertura fotográfica do evento, que foi realizada pela Casa Fora do Eixo Nordeste. Aproveito para agradecer ao Elvis Nunes, que muito gentilmente transmitiu tudo ao vivo pela Internet.

Bate Papo Ciclovida #3

Só por essa imagem acho que dá para imaginar como foi

Só por essa imagem acho que dá para imaginar como foi

E na semana passada, Elaine Luz, Rosana Reis e eu participamos da terceira edição do Bate Papo Ciclovida, que teve o tema “Mulheres em bicicletas: dificuldades, superações e o papel das Ciclanas”. Falamos de machismo no trânsito, de como funciona o Grupo e sobre como a bicicleta nos ajuda a nos libertar de um monte de tranqueira nessa vida. Foi muito divertido e me deu a chance de conhecer algumas meninas com quem eu só falava pela Internet, além de também conhecer algumas leitoras e leitores :).

Aliás, o papo estava animado, tinha aquele monte de mulher presente e falando de um assunto que me deixa muito agitada, que é relação de gênero. Resultado: acho que exagerei na dose e fui extrovertida demais! Paguei muito mico, Brasil! rsrsrsrs Duvidam? Pois confiram abaixo as duas partes do bate papo! Sei que o áudio no comecinho da primeira parte não está muito bom, mas melhora depois de um tempo. ^^

O Bate Papo Ciclovida tem acontecido semanalmente e é transmitido ao vivo pelo You Tube, sendo disponibilizado depois, no próprio Canal da Ciclovida. Você pode assistir às duas edições anteriores clicando aqui e aqui.

Ah, e algumas Ciclanas já apareceram aqui no blog! Lembram da Aspasia e da Louise, por exemplo? Sem falar em várias meninas que acompanham o De Bike na Cidade e que, pouco a pouco, o grupo vem me proporcionando a chance de conhecer. Só alegria!

A propósito, além dos eventos citados neste post, em julho também participei do Pedal Ciclochique, evento realizado para divulgar a campanha de arrecadação para o Mês da Mobilidade 2015. A propósito, ainda dá tempo de ajudar!

E você, mulher urbana que está doida para pedalar ou que já pedala: tem encontrado azamiga na sua cidade? Conta aí nos comentários!

Um abraço e vamos pedalar!