Documentário Pedal Delas estreia hoje, no Centro Dragão do Mar

Vamos pegar um cineminha? Logo mais, às 19h, tem exibição gratuita de cinco filmes realizados por participantes do projeto Cacto, da ong Fábrica de Imagens, como parte da celebração de seus 18 anos. Entre os filmes está o Pedal Delas, de direção da fofíssima Thais Marques, e para o qual eu dei uma entrevista. Foi um dia super legal, recebendo uma equipe cheia de energia positiva e falando sobre minha experiencia nas ruas, no blog e com as amadas Ciclanas. Com direito a gatinho fazendo xixi nas mochilas alheias. rsrsrsrs E ainda ganhei um chocolate mais bilhete lindo de lembrança.

Fortaleza possui um transporte público ineficiente e vive um caos em suas estradas com o número crescente de automóveis particulares. Pensando em alternativas sustentáveis, um grupo de mulheres optaram pela bike como seu principal meio de transporte e decidiram compartilhar suas experiencias em um lindo curta metragem. Além de ocuparem a cidade e utilizarem a bicicleta como um estilo de vida, elas mostram o seu cotidiano sobre duas rodas, as vantagens e as várias agressões que sofrem em uma sociedade machista que rejeita o fato de terem que dividir as vias com mulheres de bicicleta. Apesar das limitações, essas ciclistas mostram que é possível pedalar e tornar a cidade um lugar melhor.

Uma oportunidade muito legal de inspirar a mulherada a adotar o pedal e também um registro maravilhoso sobre esse momento que estamos vivendo. E além do Pedal Delas também tem os outros filmes, que eu estou muito curiosa para ver. Bora, bora, boraaaa!! 🙂

12417726_1047903678566136_7470402022850756225_n

Um abraço e vamos pedalar!

Anúncios

Amanhã tem Bazar da Mobilidade na Praça Portugal

11752587_937322069696044_5422133390354615914_n

 

Pessoal, é o seguinte: o prazo para arrecadar dinheiro para o Mês da Mobilidade 2015 está acabando, e a Ciclovida ainda não conseguiu nem metade dos recursos necessários! Sério, faltam só 13 dias, gente! Se não rolar a grana, provavelmente não haverá recursos para realizar um mês todinho de atividades aqui em Fortaleza, incluindo palestras e debates com importantes cicloativistas de outros estados. Entre essas personas está a Aline Cavalcante, do Pedalinas, uma das mulheres que mais me encorajou a começar a pedalar. Por favor, gente, ajuda! EU QUERO CONHECER A ALINE!!!

E para turbinar a coçassão de bolsos (coçar os bolsos, aqui no Ceará, quer dizer gastar dinheiro, deixar de ser pão duro ^^), a Ciclovida está organizando o Bazar da Mobilidade, com um monte de peças de moda, livros e acessórios de bicicleta para vender. Será amanhã, na Praça Portugal, na 10ª edição do Aí Dentu – Lá na Praça, que é um evento que tem sido realizado semanalmente por coletivos artísticos e ativistas para evitar que o local seja demolido para dar lugar a uma obra da Prefeitura.

Então, apareça amanhã no Bazar e faça sua contribuição na campanha do Catarse! Não deixe para a última hora!

E eu já fiz minha wish list de itens à disposição:

All Star branco cano alto com desenhos figurativos feito à mão - R$ 15.00

All Star branco cano alto com desenhos figurativos feito à mão – R$ 15.00

S2 Eu querooooo!!!! Buzina trim trim rosa S2  R$ 10,00

S2 Eu querooooo!!!! Buzina trim trim rosa S2
R$ 10,00

Plaquinha Ciclana usada -   R$ 10.00

Plaquinha Ciclana usada –
R$ 10.00

Botinha de Camurça com detalhe de Oncinha - Tamanho 36 - R$20

Botinha de Camurça com detalhe de Oncinha – Tamanho 36 – R$20

 

Serviço:

Bazar da Mobilidade

Quando: Amanhã, 26 de julho, às 17h.

Onde: Praça Portugal.

Mais informações: Evento no Facebook.

Um abraço e vamos pedalar!

E contribuir!

Campanha arrecada recursos para o Mês da Mobilidade 2015

Começaram os preparativos para o Mês da Mobilidade 2015, aqui em Fortaleza! No Dia Mundial sem Carro, 22 de setembro, várias cidades pelo mundo organizam-se para debater e promover eventos relacionados ao uso das bicicleta e à mobilidade urbana. Tudo costuma ocorrer durante uma semana, mas, aqui em Fortaleza, a Ciclovida esticou a baladeira e transformou todo o mês de setembro numa excelente oportunidade de pensar nosso convívio com a cidade. Em 2014 o evento foi um sucesso, com muitas atividades e a presença de vários cicloativistas do país.

Este ano, o Mês da Mobilidade vai falar de Educação.

“…com o tema EDUCAÇÃO: O segredo para uma mobilidade mais humana, o MM2015 ressaltará a importância da educação como pressuposto imprescindível para a humanização da nossa mobilidade: desde as informações necessárias para a escolha dos modos de deslocamento mais benéficos à cidade até noções básicas para uma convivência harmoniosa nas ruas, como a obrigatoriedade de se mudar de faixa para ultrapassar o ciclista”.

Mas, para realizar o evento, a galera precisa de ajuda. Por isso, está aberta a campanha de arrecadação no Catarse para o Mês da Mobilidade. O vídeo de divulgação ficou muito lindo!

A programação está fantástica, e inclui a presença da Aline Cavalcante, cicloativista, uma das fundadoras do Pedalinas (blog que me inspirou muitíssimo a pedalar), além do Paulo Aguiar, do Pedala Manaus e Enio Paipa, articulador nacional do Bike Anjo. Também está prevista uma roda de conversa sobre mulheres e o uso das bicicletas, com as Ciclanas, Escolas Bike Anjo, pedalada ciclochique (aportuguesando o movimento Cycle Chic) e por aí vai. Sério, não vejo a hora de chegar setembro!

Para saber mais sobre o evento, acesse a campanha no Catarse. Quem contribuir vai ganhar algumas recompensas, mas importante mesmo é movimentar a cidade em torno desse tema tão importante. Bora driblar a liseira e coçar esses bolsos, meu povo!

Um abraço e vamos pedalar!

Escola Bike Anjo de abril

Está sem planos para o fim de semana e quer muito aprender a andar de bicicleta? Ou ainda, é um ciclista urbano  experiente e gostaria de compartilhar seus conhecimentos? Pois junte a fome com a vontade de comer e apareça domingo, 12, lá na praça Luiza Távora, mais conhecida como Praça do Ceart, para a Escola Bike Anjo (Eba) de abril!

Escola Bike Anjo de abril_Bike Anjo_ De Bike na Cidade

Bike Anjos são ciclistas experientes e apaixonados pelo seu meio de transporte que ajudam pessoas que querem aprender a andar de bicicleta na cidade com mais segurança gratuitamente.
Se você tem interesse em ajudar, dar idéias ou ser um Bike Anjo: http://bikeanjo.org/

Participe!

PRECISAMOS DE VOLUNTÁRIOS!

A EBA começa às 8h30. Pedimos que os voluntários cheguem às 8h para as instruções iniciais.

Temos tido um crescimento considerável na quantidade de alunos por edição. Por favor, voluntarie-se para ajudar a ensinar!

Quando: Domingo, 12 de abril.

Onde: Praça Luíza Távora. Av. Santos Dumont, 60150. Fortaleza.

Todo mês eu digo a mesma coisa, mas é porque me sinto na obrigação: esse evento me ajudou muito na época em que estava escolhendo a minha bicicleta e tentando manjar dos paranauê de pedalar em Fortaleza. Por isso, recomendo demais. Se você não estiver em Fortaleza, procure saber onde será a Eba na sua cidade. Garanto que não vai se arrepender. 😉

Um abraço e vamos pedalar!

Evento – 1ª Roda de conversa: Mulheres, bicicletas e as ruas de Fortaleza

Meninas, as pedaleiras de Fortaleza estão super movimentadas, viu? Após perceber a necessidade de debatermos as relações de gênero e sua influência no número de mulheres que usa a bicicleta como meio de transporte aqui na cidade, percebemos que seria importante realizar atividades no mês de março. Infelizmente, a oficina de pequenos reparos que seria realizada no domingo passado não aconteceu porque choveu muito e muitas de nós (incluindo euzinha) não conseguiram sair de casa. Mas, nem tudo está perdido e nós não desanimamos!

Então criamos um Grupo no Facebook que está movimentadíssimo. Em menos de uma semana, mais de 100 mulheres já participam, contando um pouco de suas experiências e anseios diante da vivência de bicicletar em Fortaleza. É muito gostoso compartilhar essa vivência entre nossos pares e conhecer histórias de outras meninas que venceram muitos obstáculos e finalmente escolheram a bicicleta como meio de transporte aqui na cidade. Para garantir a privacidade de todas nós, trata-se de um grupo secreto e claro, exclusivo para as mulheres. Aos homens que se sentirem excluídos, vale lembrá-los de que já existem milhares de grupos mistos na Internet para falar de bicicleta, e que nós ainda somos minoria tanto nas ruas quantos nesses espaços. Daí a necessidade de um local exclusivo para nós. No mais, nada os impede de discutir relações de gênero nos grupos que já existem. Que tal colocar em xeque, por exemplo, o hábito odioso de proferir cantadas nas ruas e na web? Sei que muitos acham que não tem nada de mais nisso, e esse é um motivo importante para fazer um grupo só de mulheres 😉

Mas não tendo acontecido a oficina, e diante de toda a animação e vontade de nos conhecer, amanhã, 14 de março, nós, mulheres ciclistas urbanas, vamos no encontrar na  1ª Roda de conversa: Mulheres, bicicletas e as ruas de Fortaleza, que vai ser realizada na Casa Feminista, que fica na Rua Assunção, 972, no bairro José Bonifácio (entre a Procuradoria e a avenida Domingos Olímpio). Inicialmente essa atividade seria um painel, mas percebemos que seria bem mais legal fazer uma roda de conversa mais horizontal, com menos formalidade. Ao clicar no evento, caso não consiga visualizá-lo, não tema: nos atrapalhamos um pouco ao criar o evento e configurar sua privacidade ^^ . Mas aí vão todas as informações:

Evento Roda de Conversa De Bike na Cidade by Bia

 

Mulheres das bicicletas! Primeiro queria dizer que é uma felicidade danada saber que não são tão poucas mulheres assim que pedalam em Fortaleza. Tudo está se iniciando agora, a conversa in box, o mês de março, o grupo e enfim decidimos fazer uma roda de conversa na Casa Feminista.

O encontro será só de mulheres para que a gente se sinta mais à vontade na troca de experiências e relatos das dificuldades e descobertas do dia a dia em nossas pedaladas.

Lanche Coletivo
Cada uma leva alguma comida para que a gente possa fazer um lanche coletivo (se vc não puder levar algo, não deixe de ir por isso).
Se tiverem tecidos, cangas, talheres e tudo mais que possa ajudar no lanche, levem tb.

Doação de livros ou revistas usadas:
As meninas da Casa Feminista estão montando uma Biblioteca Feminista, e uma forma legal de retribuir a receptividade e gentileza seria contribuir para a construção da mesma. Vale qualquer publicação, de preferência que fale de gênero, e até revistinhas em quadrinhos. Muitas vezes as mulheres levam as crias para as reuniões, e seria legal ter revistinhas para distraí-los 😉

Após nossa roda, surgiu a ideia de irmos para algum lugar, um café, por exemplo. Adorei a ideia.

 

Então é isso: se você é de Fortaleza, pedala para ir ao trabalho, estudar, sair casamigas, supermercado, deixar as crias na aula, então apareça amanhã. Com certeza vai ser muito legal nos conhecer e trocar ideia. Ah, o convite também vale para aquelas que só pedalam por lazer e em grupo, mas que gostariam também de usar a bicicleta com mais frequencia, e por algum motivo ainda não o fazem. Ou ainda, para quem não pedala de jeito nenhum e gostaria de começar.

Um abraço e vamos pedalar!